Delegação Portuguesa junto da Organização do Tratado do Atlântico Norte

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Mensagem do Embaixador

img 20180417 wa0007Sou o Embaixador Luís de Almeida Sampaio, o Representante Permanente de Portugal junto da NATO. Pretendo dar as boas-vindas a todos os que visitam esta página oficial e que querem saber mais sobre esta Delegação e a NATO.

A NATO tem uma nova sede. Instalações ultramodernas, eficientes do ponto de vista energético e amigas do ambiente. Nestas novas instalações da NATO em Bruxelas, a Representação de Portugal, combinando no mesmo espaço pela primeira vez as Missões Diplomática e Militar, desempenha a partir de agora as suas funções.

É, portanto, simbólico que a página oficial da nossa Delegação se inaugure para coincidir com a mudança para o novo Quartel-general da NATO.

Nem todos saberão que a primeira sede da NATO foi em Londres, muito perto do local onde se situa a nossa Embaixada na capital inglesa. E nem todos saberão que depois de Londres a NATO “viveu” em Paris, primeiro no Palácio Chaillot e depois na Porte Dauphine, e só em 1967 veio para Bruxelas. Inicialmente para ocupar um edifício a título provisório que se tornou definitivo por mais de 50 anos. Era tempo de mudar. E mudar para melhor, como o vídeo que disponibilizamos nesta página bem demonstra.

Com as nossas novas instalações haverá, porém, algo que permanecerá intacto: Portugal, país fundador da Aliança Atlântica é neste contexto um interlocutor respeitado e um ator incontornável de tudo quanto aqui se decide e que é vital para a nossa defesa e segurança.

País atlântico por excelência, Portugal encarna naturalmente aquilo que é fundamental: a NATO é a casa da relação transatlântica.

Aqui se constroem todos os dias os elementos que compõem e norteiam as 3 tarefas-chave desta Aliança, como definidas pelo conceito estratégico aprovado em Lisboa na Cimeira de 2010: defesa coletiva, gestão de crises e segurança cooperativa.

É na base desta tríade de elementos cruciais que Portugal desempenha, sempre de forma construtiva e responsável, o seu papel no quadro da resposta aos grandes desafios da segurança internacional.

Quero agradecer a todos o interesse por esta página, que hoje começa, e que pretende ser testemunho do trabalho desta Delegação na primeira linha da defesa do interesse nacional.